sexta-feira, 22 de novembro de 2013

"Making of" SCALA

Todos imaginam que a maior realização do arquiteto é projetar!
Com certeza é maravilhoso explorar nosso potencial criativo e através do projeto expressar um meio de construir aquele sonho!
Mas é na obra que a "coisa" toda acontece!
A obra é um organismo vivo,  tem vida própria e mesmo com muito planejamento e um projeto super detalhado, muitas coisas fogem do papel!
O projeto pode ser um processo solitário, ser brilhantemente desenvolvido por um único indivíduo. Já o sucesso da execução depende de muitas "mãos"!
É nesse momento que o arquiteto aprende a ser criativo de verdade, trabalhando com "pessoas", "expectativas" e "surpresas" boas e ruins! 
E só mesmo com muito "jogo de cintura" vencemos os desafios a atingimos nossa meta! 
Arquiteto que escolhe só a "prancheta" não sabe o que é viver fortes emoções!
As maiores lições de arquitetura são aprendidas e vividas na obra!


                           
 
Making Of da Loja Scala do Golden Square Shopping SBC. 

A maior satisfação é ver tudo pronto e lindo! 
Processos demorados e "feios" como a montagem da infra- estrutura (o que fica escondido nas paredes e no teto) são fundamentais para que as coisas funcionem. Para os clientes essas etapas são entediantes, lentas e chatas! O que mais ouvimos é: "Nossa parece que não mudou nada, continua tudo igual, a obra não andou..." Mas nós sabemos que essa frustração será compensada no final quando eles e nós vermos que e espera e o trabalho valeram a pena!
Agradecemos aos clientes Simone e Alex por nos escolherem, nos dando a oportunidade de realizar mais esse trabalho e a todos os parceiros e fornecedores que tornaram isso possível!

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Pensando em trocar o piso, mas não quer encarar a sujeira?? Problema resolvido!

PISO VINÍLICO

As vezes dá uma vontade imensa de trocar o piso da sua casa, do seu escritório ou do seu comércio, mas só de pensar na quebradeira, na sujeira e na equipe de pedreiros transitando durante dias no seu espaço você desiste?
Vale apena conhecer a grande variedade de revestimentos vinílicos disponíveis hoje em dia! 
Além de preços competitivos, se comparados com os outros revestimentos disponíveis no mercado, outras vantagens são a rapidez e praticidade de instalação, economia com o custo da mão de obra de instalação, a facilidade de limpeza e manutenção, entre outras.
Digamos que o vinílico é a evolução do tradicional "Plaviflex", tornou-se atualmente um dos grandes concorrentes dos pisos lâminados e até da própria madeira.
Variando de acordo com os fabricantes e os preços, podemos encontrar os mais diversos padrões de madeira, claras, escuras, com ou sem veios, e também o maravilhoso padrão "madeira de demolição" super "in"!
Aposte nessa transformação! 


link da imagem:
http://www.dicasdemulher.com.br/pisos-vinilicos/

Confira mais também no vídeo da matéria exibida no Bom Dia São Paulo (Globo): 

http://globotv.globo.com/rede-globo/bom-dia-sao-paulo/v/uso-do-piso-vinilico-e-solucao-pratica-e-barata-na-hora-de-reformar/2801394/

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Reta final!

Entrega do mobiliário!
Trabalho em shopping center é assim, após a inauguração atividades de obra e montagem de loja em horário noturno! 
Mas estamos quase quase lá! 



quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A Arquitetura e a Plataforma BIM - ADfórum - Informação em Arquiteturae Design

Nos anos 90 migramos das pranchetas para o CAD, uma verdadeira revolução na forma de projetar! A novidade agora é a Plataforma BIM! Muitos escritórios de Arquitetura e Engenharia no Brasil já aderiram ao sistema! 
Confira as novidades, informe-se! 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Download gratuito do Manual de Intercambialidade de Projetos em CAD

A rápida evolução da informática na área de projetos não permitiu que nos adequássemos corretamente às suas potencialidades. Muitos ainda, usam o computador e os programas CAD, só como instrumento de desenho e não como uma ferramenta fantástica para integração e compatibilização das diversas especialidades de projeto. Soma-se a isto, que cada escritório, cada empresa, tem desenvolvido critérios próprios de layers e apresentação. Falta porém, uma real integração entre todos, que permitirá agilizar o processo de troca de informação e aumentar a confiabilidade nesta troca.

Visando homogeneizar este conhecimento, a AsBEA, desenvolveu um manual que estabelece uma padronização de layers, diretórios, arquivos, além da definição de responsabilidades entre todas as atividades de projetos, calcado nos modelos de normas Americanas / Canadenses (AIA, CSI, NBSI) e Européias (ISO), tendo como objetivo a médio prazo transformá-los em normas aprovadas na ABNT.

Desenvolvido pelos arquitetos: Henrique Cambiaghi, Roberto Amá, Miriam Castanho e Marcelo Westermann, o Manual de Intercambialidade de Projetos em CAD pode ser baixado gratuitamente no site da AsBEA. 

Fonte: CAU Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, confira no link abaixo.

                                 

Sete deslizes arquitetônicos ao redor do mundo.

  Com a recente notícia de que o edifício "Walkie Talkie" em Londres, do escritório Rafael Viñoly Architects, tem refletido os raios solares de forma incomum, a ponto de receber o apelido de "Raio da Morte", organizamos uma lista de sete "deslizes" arquitetônicos ao redor do mundo, de casos preocupantes a situações absurdas.

Fonte: ASBEA, confira no link abaixo. 
         

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Em Breve mais uma obra pronta!

Check list:
- Gesso finalizado, ok! 
- Piso instalado, ok! 
- Iniciando pintura, ok! 
- Reta final! 

                               




quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Arquitetura Sustentável!

O escritório francês Olgga Architectes desenvolveu diversos projetos interessantes no campo da Arquitetura Sustentável.
São projetos contemporâneos, despojados e cheios de personalidade! 
Cada projeto apresenta uma característica distinta que o destaca dos demais: telhados Verdes, projetos onde a implantação da edificação não interfere no perfil natural do terreno, brises controladores de luminosidade natural, um verdadeiro passeio pelas formas de se ter a Arquitetura Ecologicamente correta! 
Vale a pena conferir!

http://olgga.fr/projects/evo1


Casas compactas em containers de madeira certificada da Olgga Architectes 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Matéria interessante e sensata sobre a Resolução 51 do CAU!!



O CAU e a briga com os designers de interiores
Por: Ricardo J. Botelho


O Conselho de Arquitetura e Urbanismo publicou a resolução 51 na qual define as atividades privativas dos arquitetos. Os designers de interiores se sentiram ameaçados, apesar de não existir qualquer menção a essa categoria profissional na dita resolução. Nada de novo no texto. O CAU não está atuando, especificamente, contra os designers de interiores, mas cumprindo o que acredita seja seu papel.

Esperar que o CAU reconhecesse o campo de atuação dos designers de interiores é acreditar em duendes. Isso não vai acontecer. A natureza do Conselho é defender o exercício profissional de seus inscritos. Designers de interiores não tem uma profissão "reconhecida", mas figura no CBO - Código Brasileiro de Ocupações e tem amparo na constituição que diz que todo o brasileiro tem o direito ao trabalho. Mais atacados do que os designers de interiores, com a dita resolução, foram os engenheiros que reagiram também com energia ao disposto no texto.

No capítulo denominado Arquitetura de Interiores, a resolução estabelece que esse campo seja de competência exclusiva dos arquitetos. Porém, uma leitura mais calma do conteúdo indica lacunas enormes se listarmos todas as operações envolvidas nessa atividade. Compare com o texto sobre Design de Interiores constante da CBO e você entenderá o que eu quero dizer.

Como já mencionei em outros artigos, é preciso estabelecer um ordenamento no exercício de certas (poucas) profissões, entre elas, pela complexidade, medicina, engenharia e arquitetura. Porém não me agrada a existência de qualquer tipo de conselho profissional. Eles são resquício de um período autoritário de nossa história onde se defendia a reserva de mercado e outras anomalias.

Entendo que cabe ao Estado através de seus poderes constituídos regular e defender a população dos maus profissionais. Vale ressaltar que o CAU e outros congêneres têm uma enorme dificuldade de zelar pelo bem da sociedade, de fato, pois não é fácil empreender a fiscalização. Por outro lado, em algumas situações, prevalece o espírito de corpo e as punições são difíceis de serem aplicadas.

Infelizmente, as ações do CAU não são suficientes para que a remuneração de seus membros seja menos aviltada, por exemplo. Ou para que não existam pressões dos clientes sobre o processo criativo e técnico de um projeto. Uma norma, a 15.575, que aborda as regras para projetos residenciais, pode fazer muito mais em benefício de arquitetos e de designers de interiores do que , eventualmente, qualquer conselho.

Mas os conselhos são uma realidade e estão aí, buscando cumprir sua finalidade. Penso que seria interessante, antes de emitir resoluções polêmicas, buscar o debate e encontrar caminhos negociados que permitam a convivência de todos os profissionais. O conflito não vai gerar uma nova ordem nesse caso. Ao contrário, certas atitudes confundem mais do que ajudam, muito embora, como já disse, o CAU age amparado pela legalidade de seus atos. Então, é questão aqui é mais política. 


segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Não recebe os amigos porque sua sala é pequena??? Reforme JÁ !

Você não convida seus amigos à sua casa porque acha sua sala pequena e não tem espaço para reunir as pessoas?  
Já pensou em encarar uma REFORMA?
Em alguns casos, como nesse por exemplo, onde uma parede pôde ser removida com segurança, o espaço antes super restrito da sala de estar foi ampliado integrando a cozinha e a sala de jantar.
Além da amplitude e luminosidade o novo ambiente ganhou uma porta de acesso à área da churrasqueira (lado esquerdo) permitindo o uso de mais esse espaço em ocasiões especiais. 
A substituição do corrimão da escada por um mais leve e mais claro também contribuiu para tornar o ambiente mais "clean". 



terça-feira, 13 de agosto de 2013

Mais um motivo para contratar um profissional: NBR 15.575 - Norma de Desempenho!


Fique atento!

Desde o dia 19 de julho, está em vigor a nova Norma Brasileira ABNT NBR 15575 – Edificações Habitacionais – Desempenho, emitida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). 
Os projetos que forem protocolados para aprovação nos órgãos públicos a partir de agora, portanto, passam a ter que atender às exigências contidas na NBR.
A norma solicita a previsão do nível de desempenho mínimo ao longo da vida útil da construção para os elementos principais (como estrutura, vedações, instalações elétricas e hidrossanitárias, pisos, fachada e cobertura) de toda e qualquer edificação habitacional.
Para novos projetos os profissionais da área arquitetos, engenheiros, construtores e demais envolvidos no processo de construção como os fabricantes de materiais deverão atender à Norma.
Fique por dentro das novidades, confira nos links abaixo:

CBIC Câmara Brasileira da Indústria da Construção
http://www.cbic.org.br/sala-de-imprensa/noticia/norma-de-desempenho-da-construcao-entra-em-vigor-no-proximo-dia-19-de-julho

CAU Conselho de Arquitetura e Urbanismo
http://www.caums.org.br/?p=5249 

PINI WEB
http://www.piniweb.com.br/construcao/habitacao/esta-em-vigor-a-nbr-15575-norma-de-desempenho-292738-1.asp


sexta-feira, 15 de março de 2013

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Iluminação Show!

Imagem Via Pintrest


Projeto fresquinho: Truques de aproveitamento para espaços compactos, confira!

Abuse dos espelhos, transparências e capriche na iluminação! 

Defina claramente os eixos de circulação do ambiente. 

Opte por móveis versáteis que permitam integração das funções sem tirar a permeabilidade do espaço. 

Brinque com as cores mais fortes em alguns detalhes e mantenha as cores neutras como base para o ambiente. 

O uso de molduras de gesso é rodapés longilíneos pintados de branco criam o efeito visual de aumento do "pé direito".

Portas e guarnições brancas também ajudam a dar amplitude, especialmente se estiverem acumuladas em um corredor, a idéia nesse caso é que elas passem despercebidas. 


3D Living Integrado Apto. Mooca